Buscar

Nota dos movimentos, organizações sociais e pastorais acerca do despacho da desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe

#BaciaRioFormoso

A APA-TO  vêm a público se juntar a todos os movimentos sociais e pastorais, que no dia de hoje, 3 de setembro de 2020, lançaram nota conjunta em repúdio à decisão da desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe, do Tribunal de Justiça do Tocantins. Essa decisão deu despacho, na quarta-feira dia 26 de agosto, em benefício da APROEST, (Associação dos Produtores Rurais do Sudoeste do Tocantins), que permitiu a continuidade da captação de água da Bacia do Rio Formoso. 

A APA-TO, bem como outras entidades de defesas dos camponeses, de comunidades tradicionais (quilombolas, quebradeiras de coco e indígenas), não concorda com essa decisão, por reforçar os ataques à Bacia do Rio Formoso cometidos por ações do grandes produtores.

A APA-TO, solidarizar-se ainda, com as comunidades locais que sobrevivem daquelas águas. Porque água é vida. E aproveita, para junto a outros movimentos sociais e pastorais, reivindicar que a doutora reveja tal decisão. Pois, o Rio Formoso se encontra em situações de extrema violência histórica.

Augustinópolis, 03/09/2020

APA-TO

Acesse a íntegra da nota com outras organizações!


Conteúdo relacionado: Geral

Misereor Ford Foundation TFCA Inter America Foundation FBB Cese Brazil Foundation Fundo Amazônia PPP-Ecos Caritas Associação Nacional de Agroecologia Rede Cerrado FAOR Abong DoDesign-s Design & Marketing