Buscar
9/05/2016

CPT lança documentário sobre o MATOPIBA

logo matopiba

Acaba de ser lançado nas mídias sociais o documentário “ MATOPIBA” , é uma realização da Comissão Pastoral da Terra – CPT / Regional Araguaia – Tocantins , uma produção audiovisual de Gustavo Ohara, realizado a partir do I ENCONTRO REGIONAL DOS POVOS E COMUNIDADES DO CERRADO, promovido pela CPT, entre os dias 23 e 25 de Novembro de 2015, em Araguaina-TO, aonde os Camponeses(as), Agricultores(as) Familiares, Povos Indígenas, Quilombolas, Geraizeiros(as), Comunidades de Fundos e Fechos de Pasto, Pescadores(as), Quebradeiras de Coco de 04 estados se posicionam contrários ao Plano de Desenvolvimento do MAPA, denunciando o agronegócio, o hidronegócio, a mineração, a grilagem de terras e a destruição ambiental do Bioma Cerrado nos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

O documentário trás informações e depoimentos de lideranças de diversas organizações que atuam nestes estados sobre o que é o MATOPIBA , o que ele representa e seus impactos a nível de territorialidade. É acompanhado de belíssima trilha sonora tendo a participação de Chico César com a musica “Reis do Agronegócio” e de Zé Vicente “Liberdade vem e canta

f22

Segundo Paulo Rogerio, assessor da APA-TO, “a logica deste plano de desenvolvimento do MAPA é fazer a expansão das monoculturas dentro de uma logica produtivista industrial moderna na mão do empresariado com um discurso de ampliar uma nova classe media rural”. Na origem deste plano, houve a participação da Confederação Nacional da Agricultura – CNA , representante oficial do AGRONEGOCIO no pais e da EMBRAPA, com apoio financeiro do Governo Federal através do MAPA . Conforme  denuncia da  liderança indígena do Tocantins , Gercilia Krahô “ Não houve consulta às populações locais – camponeses, ribeirinhos, quilombolas e indígenas…estão levando uma grande mentira”.

f5

O vídeo mostra e denuncia o uso de violência sobre os posseiros de terras, que é mostrada pela realidade de vários fatos ocorridos no Tocantins e Brasil. O agente da CPT, Edmundo Rodrigues denuncia a violência sofrida pelas comunidades, muitas delas estão sendo impactadas duas até 3 vezes por diferentes projetos do Governo Federal, como no caso do PA Formosa que sofreu violência pela implantação da estrada ferrovia norte sul, pelo plantio de eucalipto no seu entorno e por ultimo pela construção da Barragem de Estreito que os expulsou de suas terras em nome de um desenvolvimento que é vendido como a solução da diminuição da pobreza no campo.

f15

“ Estes povos que vivem e transmitem seus conhecimentos de geração para geração, que estão dando uma lição de vivencia, num momento em que a humanidade está passando por uma crise ambiental profunda…o que está em jogo é a riqueza cultural destes povos do cerrado com seus conhecimentos e relações com a natureza”, chama a nossa atenção o professor Carlos Walter da UFRJ.

Na reta final do documentário  o Sr. Pedro dos Santos, membro da Articulação Camponesa no Tocantins, como sua fala singular nos fala que o objetivo “ é mostrar para as pessoas que a terra, a agua, a natureza que existe no cerrado tem vida e que precisamos dele para sobreviver…”

O Vídeo anunciar que muitas coisas boas estão acontecendo neste importante bioma e que a sociedade necessita urgentemente valorizar, como a AGROECOLOGIA e o BEM-VIVER destes povos em suas diferentes comunidades. E conclama à todos(as) se unirem e somarem  esforços nesta grande rede que estão tecendo em DEFESA DO CERRADO e da VIDA.

João Palmeira – Assessor da APA-TO

 

Divulgue, curta e COMPARTILHE o documentário no link abaixo.

https://www.youtube.com/channel/UC2iH-PQvNF3kD3wJJGGEPDQ

 

 

 



Misereor Ford Foundation TFCA Inter America Foundation FBB Cese Brazil Foundation Fundo Amazônia PPP-Ecos Caritas Associação Nacional de Agroecologia Rede Cerrado FAOR Abong DoDesign-s Design & Marketing