Buscar

Geral


Quantos rios precisam secar? Carta do Bem Viver com Agroecologia.

Foto: Jairo Costa/Cimi Regional Goiás/Tocantins

 

Enquanto o agronegócio seguir sua “busca de lucros sem limites”, as comunidades do campo seguirão “insurgindo contra a violência e a tirania do latifúndio”, afirmam os participantes do 3º Encontro Tocantinense de Agroecologia.

Na carta final do encontro, quilombolas, pescadores, agricultores, camponeses, quebradeiras de coco e indígenas Apinajé, Krahô, Xerente, Canela e Avá Canoeiro, reafirmaram sua luta em defesa do território e do Bem Viver.

Sob o título de “Território e agroecologia em rede: a base para o Bem Viver”, a reunião promoveu uma rica troca de experiências agroecológicas, e também de formas de lutar e resistir contra o avanço da fronteira agrícola nos territórios do campo do Tocantins. SAIBA MAIS »


Conteúdo relacionado: Geral

Agroecologia e a luta dos povos: 3º Encontro Tocantinense de Agroecologia debate práticas para o Bem Viver

Foto: Ruy Sposati

“A gente precisa mudar a estratégia da luta dos pobres”, disse uma quebradeira de coco a 354 pessoas apinhadas num chapéu de sol, debaixo de um toró. Pela quantidade de aplausos, a frase parece ter unificado o sentimento das quebradeiras, quilombolas, indígenas, pescadores, camponeses e movimentos sociais reunidos no Terceiro Encontro Tocantinense de Agroecologia, na aldeia Cipozal, do povo indígena Apinajé.

Intitulado “Território e agroecologia em rede: a base para o Bem Viver”, a iniciativa promovida pela Articulação Tocantinense de Agroecologia (ATA), rede de organizações e movimentos sociais, traz como horizonte a troca de conhecimentos das práticas agroecológicas no estado de Tocantins. O encontro aconteceu neste final de semana, de 24 a 26.
SAIBA MAIS »


Conteúdo relacionado: Agroecologia, Eventos, Geral

CADERNO DE AGROECOLOGIA É LANÇADO NO II ENCONTRO DA ATA

imagem-caderno-agroecologia

Na noite cultural do II Encontro Tocantinense de Agroecologia, no dia 03 de Dezembro foi realizado na Comunidade Quilombola Malhadinha o lançamento do primeiro Caderno de Agroecologia, que é uma iniciativa da Articulação Tocantinense de Agroecologia, que tem o objetivo de contribuir para a  divulgação  das experiências construídas em diferentes contextos para que possam inspirar outros atores, a partir das lições e aprendizados gerados, assim como contribuir para o fortalecimento  da identidade coletiva das articulações e mobilização social  para a promoção da agroecologia no Tocantins e outras regiões. SAIBA MAIS »


Conteúdo relacionado: Geral


Misereor Ford Foundation TFCA Inter America Foundation FBB Cese Brazil Foundation Fundo Amazônia PPP-Ecos Caritas Associação Nacional de Agroecologia Rede Cerrado FAOR Abong DoDesign-s Design & Marketing